Palatogênese

 

 

7a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Esta imagem apresenta um corte frontal da cabeça de feto de rato. É possível identificar claramente a língua ocupando a região da futura cavidade bucal. Abaixo da língua há uma estrutura esférica composta de cartilagem hialina, a cartilagem de Meckel. Pode-se notar, ainda, o início do desenvolvimento dos germes dentários (projeção pequena do epitélio para o interior do ectomesênquima). Note que ao lado da língua há os processos palatinos laterais que encontram-se verticalizados, ou seja, ainda não há divisão entre a cavidade bucal e nasal. Esta característica de posicionamento dos processos palatinos laterais correspondem a de um embrião humano na 7ª semana de vida intra-uterina.

7a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Esta imagem apresenta um corte frontal da cabeça de feto de rato. É possível identificar claramente a língua ocupando a região da futura cavidade bucal. Abaixo da língua há uma estrutura esférica composta de cartilagem hialina, a cartilagem de Meckel. Pode-se notar, ainda, o início do desenvolvimento dos germes dentários (projeção pequena do epitélio para o interior do ectomesênquima). Note que ao lado da língua há os processos palatinos laterais que encontram-se verticalizados, ou seja, ainda não há divisão entre a cavidade bucal e nasal. Esta característica de posicionamento dos processos palatinos laterais correspondem a de um embrião humano na 7ª semana de vida intra-uterina.

8a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Ainda em corte frontal da cabeça de feto de rato é possível identificar todas as estruturas citadas anteriormente (língua, cartilagem de Meckel, germes dentários). Note que os os processos palatinos laterais encontram-se agora horizontalizados e quase se tocando na região central, ou seja, ainda não há divisão total entre a cavidade bucal e nasal. Esta característica de posicionamento dos processos palatinos laterais correspondem a de um embrião humano na 8ª semana de vida intra-uterina

8a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Ainda em corte frontal da cabeça de feto de rato é possível identificar todas as estruturas citadas anteriormente (língua, cartilagem de Meckel, germes dentários). Note que os os processos palatinos laterais encontram-se agora horizontalizados e quase se tocando na região central, ou seja, ainda não há divisão total entre a cavidade bucal e nasal. Esta característica de posicionamento dos processos palatinos laterais correspondem a de um embrião humano na 8ª semana de vida intra-uterina

8a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Esta imagem corresponde a um corte frontal da cabeça de um feto de rato e contém os mesmo elementos da imagem anterior. Note que os os processos palatinos laterais encontram-se agora horizontalizados e se tocando na região central. Embora pareça que já existe fusão entre os processos palatinos laterias, note que ainda não ocorreu a adesão epitelial e há tecido epitelial interposto entre eles (maior aumento), o que significa que a fusão ainda não iniciou, ou seja, ainda não há divisão total entre a cavidade bucal e nasal. Esta característica de posicionamento dos processos palatinos laterais correspondem a um embrião na 8ª semana de semana intra-uterina.

8a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Esta imagem corresponde a um corte frontal da cabeça de um feto de rato e contém os mesmo elementos da imagem anterior. Note que os os processos palatinos laterais encontram-se agora horizontalizados e se tocando na região central. Embora pareça que já existe fusão entre os processos palatinos laterias, note que ainda não ocorreu a adesão epitelial e há tecido epitelial interposto entre eles (maior aumento), o que significa que a fusão ainda não iniciou, ou seja, ainda não há divisão total entre a cavidade bucal e nasal. Esta característica de posicionamento dos processos palatinos laterais correspondem a um embrião na 8ª semana de semana intra-uterina.

9a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Neste corte frontal da cabeça de feto de rato é possível identificar a língua em primeiro plano e observar que os processos palatinos laterais encontram-se horizontalizados e  há início de adesão epitelial entre os processos palatinos laterias na região central na forma de uma interdigitação (maior aumento).  Esta imagem corresponde ao início da 9ª semana de vidra intra-uterina, onde já há separação entre cavidade bucal da nasal.  9a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Neste corte frontal da cabeça de feto de rato é possível identificar a língua em primeiro plano e observar que os processos palatinos laterais encontram-se horizontalizados e há início de adesão epitelial entre os processos palatinos laterias na região central na forma de uma interdigitação (maior aumento). Esta imagem corresponde ao início da 9ª semana de vidra intra-uterina, onde já há separação entre cavidade bucal da nasal.

9a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Neste corte frontal da cabeça de feto de rato é possível identificar a língua em primeiro plano e observar que os processos palatinos laterais encontram-se horizontalizados e há início de adesão epitelial entre os processos palatinos laterias na região central na forma de uma interdigitação (maior aumento). Esta imagem corresponde ao início da 9ª semana de vidra intra-uterina, onde já há separação entre cavidade bucal da nasal.
9a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Neste corte frontal da cabeça de feto de rato é possível identificar a língua em primeiro plano e observar que os processos palatinos laterais encontram-se horizontalizados e há início de adesão epitelial entre os processos palatinos laterias na região central na forma de uma interdigitação (maior aumento). Esta imagem corresponde ao início da 9ª semana de vidra intra-uterina, onde já há separação entre cavidade bucal da nasal.

9a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Assim como na imagem anterior, é possível identificar a língua em primeiro plano e observar que os processos palatinos laterais encontram-se horizontalizados e completamente fusionados, ou seja, a separação entre cavidade bucal e nasal completou-se. Observe o centro de ossificação no local de fusão dos processos palatinos lateriais (maior aumento), característica de uma fase mais adiantada da 9ª semana de vida intra-uterina.

9a SEMANA DE VIDA INTRA-UTERINA: Assim como na imagem anterior, é possível identificar a língua em primeiro plano e observar que os processos palatinos laterais encontram-se horizontalizados e completamente fusionados, ou seja, a separação entre cavidade bucal e nasal completou-se. Observe o centro de ossificação no local de fusão dos processos palatinos lateriais (maior aumento), característica de uma fase mais adiantada da 9ª semana de vida intra-uterina.

Imagem demonstrando o desenvolvimento do palato secundário de um camundongo. A correlação com o desenvolvimento humano encontra-se logo abaixo (em semanas de vida intra-uterina). Pode-se notar o desenvolvimento tridimensional do palato secundário, em seu fechamento na porção anterior (anterior), média (middle) e posterior (posterior). Legenda: Initiation/Iniciação; Vertical outgrowth/Crescimento vertical; Elevation/Elevação; Horizontal growth/Crescimento horizontal; Adhesion/Adesão; Fusion/Fusão; SEM oral view/MEV vista oral. Retirada do paper "Palatogenesis: morphogenetic and molecular mechanisms of secondary palate development" de Bush e Jiang (2009) para a revista Development.

Imagem demonstrando o desenvolvimento do palato secundário de um camundongo. A correlação com o desenvolvimento humano encontra-se logo abaixo (em semanas de vida intra-uterina). Pode-se notar o desenvolvimento tridimensional do palato secundário, em seu fechamento na porção anterior (anterior), média (middle) e posterior (posterior). Legenda: Initiation/Iniciação; Vertical outgrowth/Crescimento vertical; Elevation/Elevação; Horizontal growth/Crescimento horizontal; Adhesion/Adesão; Fusion/Fusão; SEM oral view/MEV vista oral. Retirada do paper “Palatogenesis: morphogenetic and molecular mechanisms of secondary palate development” de Bush e Jiang (2009) para a revista Development.